Please reload

Posts Recentes

"O amor é simples" : loja virtual comprova vendendo vestidos de noiva a partir de R$ 350

September 19, 2019

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Assessora, cerimonialista ou celebrante: qual a diferença e quem contratar

16-Feb-2018

 

 

O pedido foi incrível, as famílias estão felizes, e as amigas, eufóricas. Passado o primeiro impacto da grande notícia, você se depara com um universo de possibilidades, completamente novo e cheio de atribuições nunca antes imaginadas. Fique calma! Neste ponto da jornada (o início), uma das perguntas a se fazer é: quem pode ajuda-la durante a empreitada de organizar o casamento dos seus sonhos?

 

Ao longo dos anos, o mercado cresceu e se profissionalizou, o que é ótimo. Também passou a oferecer uma infinidade de fornecedores, além de um punhado de terminologias próprias –muitas vezes um tanto parecidas– para designar certas funções.

 

Por isso, antes de começar a caminhada, você precisa entender a diferença de papéis entre três profissionais da área: o assessor, o cerimonialista e o celebrante. A seguir confira um pequeno glossário dessas funções e entenda “quem faz o que” para tornar seu casamento um dos melhores dias da sua vida.

 

Assessor

 

Também conhecido como wedding planner, produtor de eventos e cerimonialista, dependendo do Estado onde trabalhe ou do entendimento sobre os serviços prestados. Uma vez contratado, este profissional tem como missão conduzir a assessoria antes do evento, orientando os noivos em todos os preparativos da organização do casamento –desde o levantamento do perfil do casal (e, portanto, da celebração e da festa), até a priorização do orçamento, o planejamento do cronograma, a seleção de fornecedores, entre outras atribuições.

Para se ter uma ideia, o leque de interpretação a respeito do papel do assessor é tão abrangente que a Associação Brasileira de Eventos (Abrafesta), entidade que tem como missão normatizar e profissionalizar o setor, está à frente de um projeto para regulamentar e padronizar a nomenclatura dada à função. De acordo com a proposta, o assessor passará a ser intitulado como “organizador de eventos”.

 

Cerimonialista

 

Cuida do cerimonial durante o evento, ou seja, atua apenas no grande dia. Embora pontual, seu trabalho é importantíssimo porque ele tem a incumbência de garantir que tudo aconteça conforme planejado previamente pelo assessor em conjunto com os noivos. O cerimonialista orquestra tanto o desenrolar da celebração (cortejo dos padrinhos, entrada da noiva, músicos), como a logística da festa.

Cabe a ele, por exemplo, supervisionar a montagem, conferir a entrega de bebidas e doces, controlar o acesso, a recepção e os demais serviços, além das necessidades específicas dos convidados e a desmontagem da festa. Uma ressalva: muitos organizadores de casamento também prestam o serviço de cerimonial. Neste caso, basta contratar a assessoria completa para o evento.

 

Celebrante

 

Outro termo que costuma ser confundindo com a figura do assessor ou do cerimonialista. Como sugere o nome, o celebrante é a pessoa que celebra a união do casal, quem realiza a cerimônia de casamento propriamente dita. Este profissional pode exercer um caráter religioso, civil ou laico.

Pode ser, respectivamente, um padre (entre outros representantes), um juiz de paz ou um celebrante profissional, opção para quem não faz questão de uma celebração religiosa, mas deseja ter um ritual simbólico, concebido e conduzido de maneira personalizada, com a identidade e a história do casal impregnadas em cada palavra e nos suspiros de emoção dos familiares, padrinhos e amigos. Mas isso já é assunto para a próxima coluna

 

Fonte: Revista iCasei

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags